domingo, 23 de dezembro de 2012

ENTREVISTA A ANNE LIERI

  QUERO DEIXAR AQUI UM AGRADECIMENTO MUITO ESPECIAL ANNE LIERI, QUE NO SEU BLOG RECANTO DOS AUTORES MOSTROU MUITA GENTILEZA, PULBLICANDO A ENTREVISTA COM GRANDE DESTAQUE DE IMAGENS. BEIJOS CARINHOS À GRANDE SENHORA, QUE É ANNE LIERI. RECOMENDO QUE VISITEM O SEU BLOG: http://recantodosautores.blogspot.pt/

DEIXO TAMBÉM O MEU COMENTÁRIO, A PROPÓSITO FEITO NO "RECANTO DE AUTORES".


Blogger Daniel Costa disse...

Anne

Embora conheça o conteúdo textual, o reli. Fiquei muito emocionado, pelas ilustrações com que nunca contei. Realmente, as ilustrações valorizam muito o texto. Aqui reparei, que me faltou responder a parte de uma pergunta, se não te importas acrescento mais. Comecei a escrever e a publicar em 1972. Em 1974, criei e dirigi, a minha própria revista, especialiazada em filatelia, cuja primeira fase, a primeira com capa a cores, em língua portuguesa, que obteve bastante sucesso no Brasil, nomeadamente no Distrito Federal SP, onde foi promovida em "5 minutos com a filatelia", conduzido pelo meu saudoso amigo Américo Tozzini, no programa, "Pulo do Gato", da "Rádio Bandeirantes".
Depois, parti para uma revista mais comercialona, que durou até 2001. Entretanto acumulava, a ser "frelancer", para várias revistas de coleccionismo, nomeadamente do Porto e de Madrid.
Em 2000, após um estrondoso AVC, fui entregue à familia em estado terminal. Consegui recuperar em 6 anos, continuando a escrever para Madrid até 2006. Tive de reaprender tudo, até a escrever. Em 20l0 publiquei os meus dois primeiros livros. Tornei-me escritor e poeta.
Desde os 28 anos, por via do trabalho tenho mantido grande afinidade com o Brasil. Assim; em 1977 entrei numa empresa gráfica dum grupo do Rio de Janeiro (AJJS), depois 30 anos de correpondêcia com Tozzini. Escrevi bastante sobre a filatelia brasileira, preparei uma entrevita ao Presidente da Federeção Brasileira de Filatelia (FEBRAF), General Euclides Pontes. Que idade terei? 210 anos comparativanente.
Sabes quem fez muito sucesso em Portugal, nos anos 60, com a canção postada? A grande Ângela Maria!
Desejo agradecer o comentário da Chica e muito em especial o da Severa,
Sinceramente emocionado, deixo os neus agradecimentos.
SANTO E FELIZ NATAL!
Beijos

22/12/12 20:55
ExcluirBloggerDaniel Costa disse...





Anne

Passei de novo, uma coisa em que não tinha reparado, nos detalhes do mapa do istmo da minha cidade natal, uma antiga ilha de pescadores, hoje um dos maiores portos de pesca de Portual. Depois de ampliado o mapa, se pode ler Bufarda e feira. De facto na Bufarda, há uma grande feira, todos os terceiros Domingos de cada mês.
Não quero deixar de agradecer aos teus comentadores. A todos, em especial, ao Diácono Gomes que, também trabalhei na construção e em concertos de estradas (o trabalho não era sol a sol). Como sou incapaz de estar parado, nas horas vagas, construí a minha grande obra, horta do arneiro. Teve de ser clandetina para o meu pais. Este veio a saber, por rasgados elogios de terceiros. A horta morreu com a minha ida para a gerra colonial. Ainda, em férias escolares, fui guardador de patos e porcoa.
Nos meus blogges, tudo está descrito (DANIEL MILAGRE E MUNDO E VIDA).
Feliz Natal a todos!
Mais beijos de amizade a ti Anne
24/12/12 12:33
Excluir


22/12/12


RECANTO ENTREVISTA DANIEL COSTAOM


RECANTO ENTREVISTA DANIEL COSTA
(Anne Lieri)
TTO


Daniel, onde vc nasceu e onde mora hoje?


O meu nascimento ocorreu, precisamente na aldeia da Bufarda, onde vivi até aos 24 anos, freguesia de Atouguia da Baleia, Concelho de Peniche. A cerca de 90 kilómetros a norte de Lisboa.


Por opção, muito sonhada, para poder estudar, vim para Lisboa (“terras pequenas, não fazem homens grandes”), onde ainda moro, sendo dos raros a desenraizar-me.



Conte um pouquinho de sua família e de sua infância para nossos leitores.

A minha família era de ferreiros – lavradores. A minha  educação foi bastante espartana. Aos dez anos, depois de eu próprio, fabricar todos os meus brinquedos de vários materiais, comecei a trabalhar no campo, já o fazia antes, quando saia de escola. Fiz de todo o trabalho do campo, do sítio. 



Aos 17 anos comecei  ser jornaleiro (de jornal), nos dias em que me podia libertar do trabalho das courelas pai. Nessa altura o trabalho era de sol a sol. Cavar os terrenos das vinhas ou ceifar trigo, em bastantes casos, era ao desafio. Passei a fazer parte dum grupo restrito, de trabalhores, a quem era difícil bater. Quando o trabalho, sazonalmente, apertava, eram aliciados com a jorna em triplicado. Assim trabalhei em três concelhos distintos, Peniche, Lourinhã e Bombarral. Como hoje, sempre me senti feliz e com enorme capacidade de sofrimento.


 Você tem um blog ou site onde posta suas poesias? Fale sobre como começou a escrever e deixe um link.

Administro nada menos de 19 blogges, um o primitivo “mitalaia”, noutra esfera fora do blogspost, actualmente a funcionar com cópias dos meus escritos. O meu blog principal é poesia; 

DANIEL MILAGRE( clique no nome para visitar)



Conte para nós sobre os livros que tem publicados e onde podemos encontra-los.



Publiquei 5 livros, dois de prosa, AMOR NA GUERRA, escrito a partir do meu Diário de guerra colonial em Angola. LISBOA CAFÉ, de carácter social, dos meios gráficos e do jornalismo. POESIA DE UM HOMEM SÓ, POESIA AO RITMO DO OPTIMISMO E ENCONTROS DE POESIA LUSO – BRASILEIRA,  este escrito em dueto com a poeta Ma Socorro, da  Marcolândia, Piaui.



Em Portugal os livros, por distrivbuição própra, podem ser encontados em cerca de 60 Livrarias. Do Brasil, pedidos só feitos ao autor para; filatelia44@hotmail.com





Pretende publicar algum novo livro? Tem algum projeto nesse sentido?


Brevemente, sairá o meu primeiro policial, TEJO NORTE, cartaz de propaganda, com texto retirado do prefácio de Severa Cabral, no último post DANIEL MILAGRE.

  Escritora Severa Cabral.


Na editora, EMOÇÃO SAUDADE E POESIA, ainda não assinado contrato, prevendo degradação da recessão económica. Em fase avançada, três livros.




        Musica preferida.     
Música romântica



Cor preferida.
Verde


Animal preferido.
Muita má relação com animais, em consequência de em miúdo ter sido atacado por um cão que me rasgou toda a roupa.


Lugar preferido.
Lisboa


Flor preferida.
Túlipa


Uma frase para nossos leitores.


A FELICIDADE ESTÁ DENTRO DE NÓS

Muito obrigada Daniel, pela gentileza de sua entrevista.
Há tempos venho querendo te entrevistar mas só agora me foi possível e tenho certeza que os leitores irão adorar conhecê-lo melhor!

Eu adorei o seu livro "Encontros de poesia luso brasileira"que releio sempre pois é poesia da melhor qualidade!

O Recanto deseja muito sucesso a você e que seu Natal seja repleto de boas energias!

Beijos da Anne!



 
BloggerDaniel Costa disse...
Anne

Passei de novo, uma coisa em que não tinha reparado, nos detalhes do mapa do istmo da minha cidade natal, uma antiga ilha de pescadores, hoje um dos maiores portos de pesca de Portual. Depois de ampliado o mapa, se pode ler Bufarda e feira. De facto na Bufarda, há uma grande feira, todos os terceiros Domingos de cada mês.
Não quero deixar de agradecer aos teus comentadores. A todos, em especial, ao Diácono Gomes que, também trabalhei na construção e em concertos de estradas (o trabalho não era sol a sol). Como sou incapaz de estar parado, nas horas vagas, construí a minha grande obra, horta do arneiro. Teve de ser clandetina para o meu pais. Este veio a saber, por rasgados elogios de terceiros. A horta morreu com a minha ida para a gerra colonial. Ainda, em férias escolares, fui guardador de patos e porcoa.
Nos meus blogges, tudo está descrito (DANIEL MILAGRE E MUNDO E VIDA).
Feliz Natal a todos!
Mais beijos de amizade a ti Anne
24/12/12 12:33
Excluir
 

9 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

AMIGO DANIEL !!!!!!
Mas uma vez estou a ler esse post,mas uma vez estou diante do sentimento maior,que é expresso nas tuas palavras de agradecimento a Anne Lieri.Te afirmo mais uma vez,nosso Brasil diante dos outros países;sabe agradecer tudo que pra ele é oferecido,então te ter aqui entre os brasileiros deixa sempre o sabor da acolhida,o sabor de saber degustar tudo que vêem em forma magistral.
Meu querido !
Todo escritor é um sentimental por natureza e,todo poeta é um médium de mensagens lindas.Tanto você como a Anne merece todos os aplausos;vc por ser entrevistado,que nos passou um pouco do seus dias,relatando o porque de se tornar um amante das letras do qual se fez escritor.Eu à admirar o teu desempenho diante de um AVC,que te transformou para melhoramentos de teu espírito...A Anne como entrevistadora que desempenhou muito bem esse papel,se fazendo um ser amado e amando os amigos.E como poetisa que é,renasce a cada novo dia,com seus poemas,da qual gosto muito de ler e comentar,rsrsrsrsrs.
Resumindo tudo que faz tua postagem ficar tão rica diante da grandeza dos homens.É a força dessa mulher blogueira que se dedica tão piamente para todos que faz parte do seu universo virtual.
Deixo meu carinho prá vc e pra Anne Lieri!!!!!

Anne Lieri disse...

Daniel,eu que agradeço a sua gentileza de ter aceitado meu convite para esta entrevista!Que possamos continuar blogando em 2013!bjs,

MARILENE disse...

Amei ler suas palavras, que mostram o homem batalhador e de grande força de vontade que está atrás do escritor. Você é um vencedor, meu amigo. E merece nossa admiração e respeito. Bjs.

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo ainda bem que me avisou, já fui também ver e comentar no blog da Anne. Foi um prazer imenso conhecer um pouco mais sobre a vida do poeta, que se fez de trabalho, preserverança e força de vontade. Parabéns meu amigo pela entrevista e pela sua extraordinária capacidade de lutar "renascendo" em força de algo tão dificil como é um AVC.
Um abraço bem apertadinho e um grande beijinho.
Maria

Vera Lúcia disse...


Olá Daniel,

Parabéns a você e à Anne pela linda entrevista.
É um prazer poder conhecer um pouco mais de você e de sua bela e corajosa trajetória de vida.

Meu carinho e admiração.

Na oportunidade, reafirmo a você os meus votos para um Novo Ano pleno de saúde, sucesso e realizações felizes.

Beijo.

LUCONI disse...

Daniel eu adoro a Anne, tive o prazer de revisar e prefaciar um livro seu e desde então esta menina se tornou uma amiga muito especial, que ser humano lindo ela é, nem imaginas, agora poeta quero te parabenizar tua entrevista me mostra um guerreiro da vida, que com coragem e muito amor enfrentou obstáculos e realizou sonhos, parabéns adorei saber mais de ti, beijos Luconi Ah ia me esquecendo um lindo ano pra ti com muito amor saúde e paz,Luconi

Mariazita disse...

Meu caro Daniel
Como não gosto de "falar de cór", fui primeiro ao blog da Anne Lieri
ler a entrevista "original", onde deixei comentário.
Ainda pensei em copiá-lo para aqui, mas depois pensei melhor, e acho que estaria a "meter a foice em seara alheia" se o fizesse.
Tu tomarás essa iniciativa, se assim o entenderes.

Gostei da entrevista, sim.
Muito mais haveria a dizer, é claro, mas em posts de blogs há que ter um certo cuidado para não alongar demasiado os textos (coisa que eu faço demasiadas vezes... ), senão corre-se o risco de os leitores não lerem nem a metade :)))

Estão ambos de parabéns: a Anne, por ter conduzido com mestria a entrevista; tu, por responderes a tudo com clareza, elucidando devidamente os leitores.

E pronto, meu amigo.
Não sei se nos "veremos" antes do fim de ano - vou passá-lo a casa da minha filhota, (tal como fiz no Natal), e não sei se regressarei dia 1 ou dia 2 - logo verei.

Desejo que 2013 seja um ano muito feliz e "produtivo", melhor do que o que vai terminar.

Beijinhos muito amigos

Gracita disse...

Olá amigo Daniel
Esta entrevista belíssima só veio confirmar a grandeza de pessoa que tu és. Um guerreiro, um batalhador incansável. De suas maravilhosas palavras tiramos magníficas lições de vida. Posso afirmar com toda a certeza você o exemplo perfeito de que o maior dom possuímos é a VIDA.
E você é um vencedor. Um poeta singular e ímpar. A minha admiração por você cresce a cada leitura, a cada poema, a cada texto, a cada homenagem. O teu carisma é fascinante. Parabéns pela maravilhosa entrevista e Parabéns à amiga ANNE. Esta é uma menina de OURO. Deixo meu carinho pra vocês dois. Beijinhos de amizade
Gracita

Vanuza Pantaleão disse...

Mais que uma vida, uma verdadeira saga.
Daniel, sinto-me lisonjeada e orgulhosa em ser sua amiga.
Você é um vitorioso!!!!
Deus o abençoe!!!!