sábado, 21 de fevereiro de 2009

Acidente Vascular Cerebral

A ETERNA MISS PORTUGAL

Ana Maria Lucas, a eterna Miss Portugal, talvez porque tenha feito inúmeras aparições na Televisão, quiçá pela simpatia, sofreu um Acidente Vascular Cerebral – AVC.
Esteve internada, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, segundo o Jornal “24 HORAS,” permaneceu ali quinze dias, regressou a casa na passada Segunda-Feira.
Segundo disse o filho, mais velho, terá de fazer terapia, para melhorar o lado afectado, o que acontece, realmente a quem sofreu o acidente.

A patologia muito mais frequente nos homens, as causas e tipos são de diversa ordem.
O terrível ataque, frequentemente, ceifa vidas, o que depende de inúmeros factores sendo um deles, diria fundamental, o não sofrer de doenças colaterais.
A recuperação, mais ou menos demorada, depende também da força interior e do acompanhamento da pessoa, que se deve abstrair de álcool e do tabagismo, de uma vida menos stressante, controle da tensão, a atenção, aos necessários fármacos,
Penso, porque já apanhei um desses abanões, que não se deseja a alguém. Uma vez que além de um mês em estado comatoso, sofri uma operação ao cerebelo.
A terapia foi, pouco menos que risível, num aspecto. A terapeuta recomendou, em casa, passar feijões entre os dedos.
Depois de ter feito três pacotes de vinte sessões cada, após o que o médico recomendou para, acabar com a fisioterapia, propriamente dita e substituir por caminhadas a pé.
Como já era dotado de um eterno optimismo, outro factor importante, nunca deixei de, no dia a dia, fazer, sem ajudas, as tarefas pessoais, como vestir-me, para o que podia demorar, um quarto de hora, a enfiar umas calças, calçar-me. Outros gestos, como chocalhar com a mão direita o creme de barbear, a tendência era a esquerda, uma vez que fui afectado do dado direito.
Escrevia para uma revista de filatelia de Espanha, só por três meses não o fiz, mas demorava um mês a fazer dois, ou três artigos, fazia questão, sempre com a esposa a ter de corrigir.
Voltei a fazer e paginar a minha revista FRANQUIA, que me terá salvo, porque já em semi-coma, falei com as visitas, jamais lembrei, mas a capa da revista, através do sonho ficou sempre presente, parecia obsessão.
Ficaram-se sempre na memória, mais outros dois sonhos, porém não devo divulgar, mas interessantes, muito mesmo.
Só em 2006, depois de ter analisado, por três vezes, as possibilidades, veio a Internet, depois o blogue - mitalaia – após ter retomado a colaboração, para o “Jornal da Amadora.”
Como reaprendi bastante no - mitalaia, - naturalmente, devo muito ao estímulo do convívio com os amigos virtuais, foi a ver um post do Poetinha, humorista, que no ano passado, senti recuperado o sorriso.
Nesta altura funciono com vários blogues, activos mesmo, em três operadores diferentes.
Obrigado a todos e graças, pela vida!...

Daniel Costa

4 comentários:

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDO DANIEL, DESCONHECIA O ACIDENTE VASCULAR CELEBRAR DA ANA QUER DO DANIEL... E APARECE SEM DAR MUITOS SINAIS E SE OS DÁ MUITAS VEZES JÁ É TARDE... DANIEL ADOREI ESTE TEXTO ESTÁ SUBLIME... ALIÁS GOSTO DE TODOS O TEMPO É QUE É POUCO PARA TUDO... QUERIDO AMIGO UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Maria disse...

Que maravilha seu texto! Sem dúvida, vc é um vencedor!
Um grande abraço da
dona poesia

Dulce disse...

Daniel
Uma história de vida, exemplo de força e coragem. Estou feliz em conhece-lo.
Um abraço.

Dulce

Tais Luso de Carvalho disse...

Oi, Daniel, hoje estou passeando pelos seus blogs e resolvi parar neste texto! Que lição de vida, hein, amigo?? Passei a admirá-lo mais, pela persistência e força de vontade.

Um abraço aqui de tão longe.
Tais Luso