domingo, 12 de abril de 2009

Alentejano

ALENTEJANOS

Recordando os três da vida airada, Daniel (Peniche), Arlindo (Águas de Moura) e Alfredo Teodoro (Vendas Novas), na Região dos Dembos, Tari-Lifune, a cerca de trinta quilómetros de Nabuangongo, na Guerra Colonial, em Angola.
Sobretudo, o dia em que o Alfredo Teodoro, caçador, atirou a uma perdiz, com uma Breda (metralhora pesada). Do outro lado vinha outra coluna comandada pelo Tenente-Coronel Costa Gomes, irmão do que viria a ser Presidente da República Portuguesa.
Estava simulada uma emboscada. Houve fogo do que, hoje, seria dito amigo.
Não houve consequências desastrosas.
Disciplinares, só não houve porque o assunto ficou apenas memorizado, nem confiado ao diário foi!
Veio aqui já publicada a revelação, por onde o comandante de Esquadrão, veio a tomar conhecimento.
------------------------
ALELUIA!...

Espanhóis no Alentejo

Tinha acabado de chegar ao Alentejo uma excursão de espanhóis. Ao verem um alentejano, o guia comunicou aos passageiros:
-Ahora me voy hablar con ese portugues alentejano... - e foi ter com o alentejano: - Hola, como te llamas? - Toino... - Yo también me llamo Antonio ! Cual és tu profesión ? - Sou músico... - Yo también soy musico... Y que tocas ? - Toco trompete, e tu ? - Yo también toco trompete. Una vez fue a la Fiesta de Nuestra Señora de los Remédios y toqué tan bien, que a Señora bajó del andor y empezó a llorar.
E replicou o alentejano:
- E ê fui uma vez à Festa do Senhor dos Passos e toquei tan bem, tan bem, que o Senhor largou a cruz, agarrou-se a mim e disse-me: 'Ah, g'anda Toino, tocaste melhor que o cabrão do espanhol que fez chorar a minha mãezinha.

Autor desconhecido.
Editado por Daniel Costa

2 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
recordei Bijagós
,
aqui cinco ficaram
para sempre !!!
,
sereno descanso
camaradas,
,
um abraço
,
*

BOTINHAS disse...

Amigão Daniel
Desculpa, mas não concordo contigo, nessa cena da procissão.
É que o ar de sofrimento era maior do que o do Senhor que leva a cruz às costas - peço desculpa mas sou pouco, ou nada, versado nos nomes dos santos.
Tás a ver a concorrência?

Abraço fraterno
Botinhas

PS - ESSA DO ESPANHOL E DO ALENTEJANO TÁ DE MORTE!!!
RI A BOM RIR. O ESPANHOL ARMADO EM ESPERTO LEVOU NAS TROMBAS. BEM FEITO!