terça-feira, 22 de setembro de 2009

mundo e vida


DESAFIO

OS HOMENS PROVIDENCIAIS ENDEUSARAM-SE, PORÉM PRODUZIRAM O VÁCUO.

Pensamento de Daniel Costa

#######

Navegando por aí, visitando os amigos nos seus blogues, deparo-me no da colega Dulce, com um desafio.
Nomeia-me para o cartão vermelho, lembrei-me que esse no futebol equivale a expulsão. Como não me revejo e ficou a chanche de saída, nomear dez amigos.
Obrigado Ângela, pelo “caldinho”, fica link de teu blog para que se possa ver o quanto escreves bem:

http://em-prosa-e-verso.blogspot.com/

Eles não enfiam barretes, como não se reverão merecedores, ficam com a hipótese de passarem a batata quente a outros dez, vamos a isso?
Como nunca fico parado à espera do rei desejado, deixo aqui outros tantos nomes e dos respectivos blogues:

Ave sem Asas – Ana Martins
Sorrisos – Criss
Sam - Sam
Esconderijo da Bandys – Bandys
E DAÍ - Renata
Mensagens e Reflexões Coisinhas de Bibiba - Andresa
Fotos Susy - Susy
Loucuras de Lady Lita - Valenita
Arco Íris Encantado - jacque
Uber Die Welt – Pensador

Caros amigos, podem ver o pensamento acima e não desejem ser providenciais, vamos seleccionar mais dez bloguer,s, cada, capazes de se descartar do “frete”.
Ufaaa!... Desta já me livrei!...

Daniel Costa

4 comentários:

Dulce disse...

Daniel

Agradeço por ter aceitado e cumprido o desafio.
E que rapidinho passou para a frente... risos... Obrigada.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Daniel, querido!
Obrigada por me contemplar, mas simplesmente não tenho condições e não gosto disso. Admiro os pensamentos que vc publica, pois me fazem pensar, mas do desafio, eu declino. Desculpe-me.
Beijos,

Ana Martins disse...

Daniel,
Muito honestamente não entendi o desafio.

Beijinhos,
Ana Martins

xistosa - (josé torres) disse...

Por isso não gosto de alinhar em corridas.
Conduzo mal e vejo pior as estradas.
Eu sou o meu deus(para mim).
Nasci assim, com este dom de me conhecer e reconhecer, é inato, sem me endeusar.
(Com esta conversa, já me estou a endeusar).
Também é inato.
Mas aqueles grandes cérebros que nos comandam, há muito que ultrapassaram o vácuo.
Pertencem ao vacum ...

m abração.