quinta-feira, 12 de agosto de 2010

MUNDO E VIDA


UMA TARUGARUDA EM CIMA DO POSTE


Enquanto suturava um ferimento na mão de um velho *almeida, cortada por um caco de vidro indevidamente jogado no lixo, o médico e o paciente começaram a conversar sobre o país, o governo e, fatalmente, sobre o Sócrates.
O velhote disse:
"Bom, o senhor sabe... o Sócrates é como uma tartaruga em cima do poste..."
Sem saber o que o almeida quis dizer, o médico perguntou o que significava uma tartaruga num poste
E o almeida respondeu:
"É quando o Sr. Dr. vai por uma estrada, vê um poste e lá em cima tem uma tartaruga a tentar equilibrar-se.
Isso é uma tartaruga num poste."
Diante da cara de interrogação do médico, o velhote acrescentou:
"Ninguém entende como ela chegou lá;
Ninguém acredita que ela esteja lá;
Toda a gente sabe que ela não subiu para lá sozinha;
Toda a gente sabe que ela não deveria nem poderia estar lá; Toda a gente sabe que ela não vai fazer absolutamente nada enquanto estiver lá;
Ninguém entende porque a colocaram lá;
Então, tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá, e providenciar para que nunca mais suba, pois lá em cima DEFINITIVAMENTE não é o lugar dela".

AJUDE A TRATARUGA A DESCER DO POSTE!...


UM DOS VARIADÍSSIMOS E-MAIL’S QUE RECEBO, NESTE FIZ ARRANJO E ACHEI POR BEM POSTAR.


PALGUM DO AMIGOS BRASILEIROS QUE O VISITEM EXCLAREÇO: SÓCRATES É DE MOMENTO O PRIMEIRO-MINISTRO DE PORTUGAL.

* NOTA: Em Lisboa é comum dar-se a designação de -  almeida - a um varredor da cidade.


Arranjos o postado por Daniel Costa

4 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
gostei do equilibrio !
srsrsrsr,
,
conchinhas,
,
*

Pensador disse...

Eu já conhecia a história, de maneira infelizmente próxima, pois já me deparei com um sem-número de tartarugas de poste, ou jabutis de árvore, como os aprendi a chamar, com exatamente o mesmo sentido, pela vida afora...

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

Daniel

Você é um mundo ! Quero ler tudo, visitar todos os seus blogs,conhecer essas interessantíssimas páginas dos seus dias.
Amei seu comentário no meu blog, referindo-se à possibilidade do poeta estar apenas descrevendo o sonhado, até mesmo ter emprestado um outro olhar e um outro coração para escrever seus versos.
Vc nem imagina o quanto me ajudou com tal comentário, pois escrevendo sobre a melancolia,por exemplo, isso não deverá significar necessariamente que eu esteja triste ou melancólica - antes - de modo particular,pode tão somente mostrara minha visão sobre tal estado da alma.
Muito obrigada pelo toque brilhante da sua presença.
Bj
Fátima Guerra

Paloma disse...

No Brasil, também temos muitas tar-
tarugas em cima do poste e outras
tantas querendo chegar lá.
Abraços