sexta-feira, 5 de agosto de 2011

ENTREVISTA COM A FADISTA CONCEIÇÃO FREITAS

ENTREVISTA COM A FADISTA CONCEIÇÃO FREITAS


Por volta dos anos setenta, ouvi algures, que em população, seria a cidade de São Paulo, Brasil, a segunda capital de Portugal.
O meu grande amigo paulista, o jornalista Américo Tozzini, amigo de Portugal, numa das muitas correspondências que comigo trocou, disse que não seria bem assim, no entanto fiquei sempre com dúvidas.
Recentemente, tomei conhecimento, via Internet, com a grande Fadista, nascida na Ilha da Madeira, radicada desde os nove anos, na grande cidade brasileira, uma das maiores do mundo, Fernanda Freitas.
                             
Por ela, que canta regularmente, em São Paulo, em duas casas de fado, tenho vindo a verificar que, se o fado é a canção de Lisboa, sendo esta cidade, evidentemente, a capital dessa canção de saudade, não será menos verdade que a cidade paulista será, efectivamente a segunda capital da canção que terá nascido na Mouraria, bairro da velha cidade.
                               
Curiosamente uma das casas, onde se pode aplaudir, a Fadista Fernanda Freitas, designa-se ALFAMA DOS MARINHEIROS, a outra, CAIS DO PORTO, na Portuguesa dos Desportos.
Um dia a Fadista Beatriz da Conceição, sendo ela nascida na Ilha da Madeira, comparou-a a Max, para enaltecer a sua grande veia de artista.
                            
                               
Como apreciador do fado, tenho vindo a ouvir os seus vídeos e até a vê-la ser entrevistada e a actuar, em conjunto, ao vivo, Não tenho dúvidas que Fernanda Feitas, será uma das maiores representantes do Fado.
Passo a pôr-lhe questões:

D. C. - Sabendo que foste para o Brasil com nove anos apenas, afinal és uma fadista brasileira, ficaste sempre com a nacionalidade de origem, ou tens a dupla nacionalidade?

Fernanda Freitas - Daniel eu sendo portuguesa não julgo-me Fadista Brasileira mas sim Fadista Portuguesa

e além por tanto honrar minha Pátria Portugal não tenho e nem quero dupla nacionalidade.
Sou e hei-de morrer Portuguesa.

D. C. – Dado me parecer haver, vários fadistas radicados na cidade onde vives, podias especificar, mais ou menos quantos?

Fernanda Freitas – Em São Paulo temos Show de Fados nos seguintes Restaurantes:


ALFAMA DOS MARINHEIROS (onde canto a 20 anos consecutivos)
CAIS DO PORTO
PORTUCALE
RANCHO 53

D. C. – Estou crente, que em São Paulo, alguns fadistas de Lisboa, serão convidados a actuar aí por temporadas, confirmas?

Fernanda freitas - Sim alguns vêem mas sempre p/ra Show mas,para actuar em casa de Fado que precisamente seria no Cais do Porto estou a par que virá Pedro Vilar,outros virão mas como disse para Show.


Fernanda Feitas – FADISTA PORTUGUESES:

Terezinha Alves
Adélia Pedrosa
Maria Alice Ferreira
Maria de Lourdes
Gloria de Lourdes
Dam Felix
Sebastião Manuel
Antonio Carlos.

D. C. – Pareceu-me que o guitarrista que te acompanha, há vinte anos, Mário Rui, será lisboeta, já o viola Netinho, até pelo nome, pareceu-me brasileiro, é assim?

Fernanda Feitas –  Sim o guitarrista Mario Rui é de Lisboa e o viola Netinho é neto de Portugues.


D. C. – Tens algo mais que desejes transmitir?

Fernanda Feitas – Primeiramente agradecer-lhe por este lindo trabalho e dizer

que nós Fadistas Portugueses radicados no Brasil, gostariamos imensamente que
houvesse um entercâmbio entre os Fadistas radicados em Portugal e Brasil assim, poderiamos
mostrar o nosso Fado, nosso amor a nossa Patria mãe Portugal.

Foi gostosamente que ouvi a amiga Conceição Freitas, que com a beleza do seu fado, é mais uma ponte a unir fraternalmente, os nossos dois países irmãos.

SOU EXCLUSIVA DO RESTAURANTE ALFAMA DOS MARINHEIROS
ONDE CANTO DE QUINTA A SABADO
O CAIS DO PORTO QUEM CANTA É DAM FELIZ E GLORIA DE LOURDES
DEPOIS DO ALFAMA VOU AO CAIS PARA OUVIR MAIS FADOS
ALGUMAS VEZES SE ESTOU BEM CHEGO A CANTAR.

DANIEL
OBRIGADA MEU QUERIDO POR TEU CARINHO E AMIZADE
BEIJOS...BEIJOS NESSE LINDO CORAÇÃO QUE GOSTO MUITO.
FELICIDADES

Daniel Costa
Abra os link’s e veja, vale esta extraordinária fadista, vale a pena.
Daniel Costa







6 comentários:

Vanuza Pantaleão disse...

Mendicante, você?
E eu, o que sou?
Todos na vida precisamos um do outro, Daniel. Não somos uma ilha, ainda bem.
Entrevista muito bem feita amigo, e a Conceição respondeu à altura.
Mas se São Paulo tem essa primazia com o Fado, o Rio também não fica atrás, sabia?
Eu mesma já frequentei bons shows no Clube Português do Rio e sei de locais tradicionais por aqui. Inclusive temos rádios AM que têm programações interessantes sobre as músicas portuguesas.
Puxa, amigo! Você quer deixar a nossa bela cidade maravilhosa para trás?[risos]

Beijos e muito sucesso, aliás, mais e mais SUCESSO!
Te adorooooooooo!!!

Desculpe-me, mas em meio a tantas alegrias vou ter que avisá-lo que "a cobra" ressuscitou como ela mesma e ainda está se fazendo passar com três nicks de portuguesa de araque tendo ainda a cara-de-pau de nos comentar. Já as vi até no seu blog. Fique atento, Daniel! "Cão que morde uma vez, morde sempre", já dizia minha avó.
Quando puderes - e se quiseres - me envies um e-mail que te passo mais detalhes. Isso não é fofoca, é precaução que a gente tem que ter. Ela está ligada a uma máfia terrível. Bem, mais alguma coisa, te digo por lá.

Que Deus nos livre de todos esses males!!!

MARILENE disse...

Nunca esquecemos nossa origem, ou, assim deveria ser. Nota-se, em sua resposta, o orgulho da nacionalidade. Canta lindamente a música portuguesa. E merece nossos aplausos.

Bjs.

Mariazita disse...

Boa noite, Daniel
A tua entrevista está muitíssimo bem feita.
E a entrevistada à altura do entrevistador:)
Fui ouvir os fados, claro (como sabes gosto imenso de fado) - estou a lembrar-me que há muito tempo não vou a uma casa de fados, de que já fui frequentadora assídua - pois gostei muito de ouvir a Conceição.
Ela canta muito bem, tem alma de fadista.

Brevemente vou de férias, mas quero ver se te escrevo email antes de ir. Não prometo:), mas vou tentar.

Uma noite feliz e boa semana. Beijinhos

Pensador disse...

Preciso programar-me para ir assistir, e comungar de bons momentos com os irmãos portugueses.
Havia um outro restaurante, onde estive algumas vezes, anos atrás, que também apresentava shows de fado, mas infelizmente fechou.
Abraços!

Dolores Quintão Jardim disse...

Ah que enorme surpresa ver a fadista Conceição de Freitas aqui... Fico imensamente feliz, pois sei o quanto ela luta para que os fadistas portugueses radicados no Brasil tenham seu lugar ao sol.

Parabéns a todos os fadistas radicados no Brasil.

fadista no brasil conceição de freitas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.